domingo, 13 de setembro de 2009

REVOLUÇÃO NA ESCOLA - FINAL

ELAS NÃO QUEREM SER AVALIADAS O exame que confere o desempenho dos estudantes do ensino superior é rejeitado por importantes universidades.
A USP de fora
Uma das mais conceituadas universidades do País não aceita as regras do Enade Algumas das principais instituições de ensino superior do País se negam a participar do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), que avalia os alunos ingressantes e formandos das faculdades.
A Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) se abstêm do teste desde 2004, quando ele foi implantado. Entre as justificativas, elas alegam a possibilidade de boicote por parte dos alunos, o que interferiria negativamente no resultado. "Antes da divulgação do resultado, a universidade deveria ter tempo de se adaptar para consertar as falhas apontadas", diz a educadora Neide Noffs, da PUC-SP, que participa do Enade. A secretária de Ensino Superior do MEC, Maria Paula Dalari, acredita que essas universidades ainda se conscientizarão da importância do exame. "Ele é um instrumento para elevar a qualidade do ensino no País."

Nenhum comentário:

Postar um comentário