terça-feira, 4 de agosto de 2009

AMIZADE VIRTUAL, SÃO TÃO BOAS...

QUANTO AS REAIS!!! Pode ir juntando amigos no Orkut, Facebook, myspace e afins; segundo os cientistas, as amizades virtuais podem fazer tão bem à saúde quanto as de “corpo presente” A estudante paulista Ana Karina Marques, de 22 anos, não encontra a menor dificuldade para ter gente em volta de si. Simpática, bem-humorada e dona de olhos verdes e sorriso largo, ela é aquele tipo de esponja social. Dez minutos num bar ou numa fila de banco já são suficientes para que muitos papos tenham início. Alguns evoluem e acabam virando amizade . É impossível precisar o número exato, mas a sua relação de amigos e conhecidos já beira o milhar. Tanta sociabilidade na vida real transborda para a virtual. Ana tem mais de 800 amigos no site de relacionamento Orkut. Faltou dizer uma coisa a respeito da moça no parágrafo anterior: ela é dona de uma saúde que a vem mantendo longe do mais corriqueiro dos resfriados. Os cientistas sabem que os amigos "de verdade" ajudam muito a melhorar o nosso bem-estar (veja o box "Alívio imediato"). Mas pesquisas recentes começam a derrubar essa barreira entre o real e o virtual e a mostrar que tanto faz se a amizade é daquelas de se encontrar todos os dias ou se é com pessoas que você só vê na tela do computador: ambas fazem bem à saúde. Pesquisadores da Universidade Flinders , em Adelaide, na Austrália, mostraram que os idosos com uma rede social efetiva têm 22% menos chance de morrer num prazo de dez anos. Por "rede social efetiva", os estudiosos entendem aqueles contatos com amigos e conhecidos que acontecem tête-à-tête, por telefone, carta ou e-mail. Eles afirmam que o contato físico é mais eficaz, mas quaisquer das outras três formas de contato teve mais influência na sobrevida dos voluntários do que a convivência com crianças ou família. A cientista social e professora da Universidade da Califórnia Bella DePaulo concorda com as conclusões do estudo. "O contato real entre as pessoas é ótimo para a amizade , mas compartilhar algo importante com alguém, mesmo que online, também faz bem à saúde". Para que os benefícios apareçam, é preciso levar para o mundo virtual as atitudes que tornam saudáveis as amizades com contato físico. Dar ajuda e sustentação emocional é um exemplo de atividade que pode ser exercida pela internet e que terá efeitos sobre o "amigo". Segundo o psicólogo australiano Paul James, especialista em relacionamentos humanos, isso funciona desde que essa relação seja recíproca, mesmo que não tenha a mesma intensidade de ambos os lados. "O importante é poder contar com amigos em circunstâncias boas e más." POR QUE O FACEBOOK FAZ BEM A SUA SAÚDE Alguns efeitos benéficos das amizades reais transbordam para aquelas cultivadas nos sites de relacionamento 1>>> Ao reduzir a sensação de solidão, traz bem-estar 2>>> Diminui o risco de problemas mentais sérios na velhice 3>>> Pessoas com dificuldade de se socializar, como quem sofre da síndrome de Asperger, experimentam grandes benefícios das amizades virtuais 4>>> Bem-estar decorrente de saber que sempre há alguém disponível para compartilhar uma notícia boa 5>>> Reduz o estresse 6>>> Cultivar grandes círculos de amizade (reais + virtuais) diminuiu em 22% o risco de morte de moradores de um asilo australiano 7>>> Fortalece o sistema imunológico 8>>> Ajuda a atenuar o efeito traumático de experiências como divórcio, doenças sérias, perda de emprego ou a morte de um ente querido *Fonte: http://revistagalileu.globo.com/Revista/Galileu/0,,EDG86975-7943-216,00-AS+AMIZADES+VIRTUAIS+SAO+TAO+BOAS+QUANTO+AS+REAIS.htmL

Nenhum comentário:

Postar um comentário