sábado, 15 de agosto de 2009

Ministério do Turismo diz que nome da guia de Jacqueline não está em cadastro

O Cadastur, cadastro do Ministério do Turismo no qual constam os profissionais da área registrados, não inclui o nome de Gisele Martins dos Santos, apontada pela Tia Augusta Turismo como a pessoa que acompanhou o grupo que foi à Disney no mês passado e no qual estava a estudante Jacqueline Ruas, de 15 anos. Durante a viagem, Jacqueline ficou doente e acabou morrendo no voo de volta para o Brasil. A informação de que Gisele Martins dos Santos não consta do Cadastur foi confirmada ao G1 pela Federação Nacional de Guias de Turismo (Fenagtur) e pelo próprio Ministério do Turismo. “Com esse nome, dessa forma, ela não aparece (no cadastro)”, disse na terça-feira (11) Mariana Xavier, chefe da Divisão de Serviços Turísticos do ministério. “Estar nesse cadastro é obrigatório. É o que confere à pessoa atuar profissionalmente”, explicou Ricardo Moesch, diretor de Estruturação, Articulação e Ordenamento Turístico do Ministério do Turismo. “Isso é exercício ilegal da profissão”, contou ele, se ficar comprovado que Gisele e a Tia Augusta cometeram a irregularidade. Apesar disso, segundo Moesch, o Ministério do Turismo não pode, no momento, aplicar qualquer multa ou fazer advertência em relação à Tia Augusta Turismo porque a Lei do Turismo (11.771/08), que prevê as penalidades, ainda não foi regulamentada pelo governo federal, o que deve ocorrer até o fim do ano.
* Aviso ao navegantes donos de Agência de Turismo, Escolas e afins, toda e qualquer Excursão ou Aula Passeio, tem que ser acompanhado do Guia de Turismo, cadastrado no Ministério do Turismo e na categoria específica impresso na carteira/crachá emitido pelo CADASTUR, ou seja, Guia Regional/Local(Acompanha grupos na localidade impresa na carteira), Guia Nacional(Acompanha em todo território Nacional/América Latina), e em cada parada solicita que a agência contrate um Guia Local(Regional) para que as informações turísiticas daquela localidade, sejam apresentadas pelo mesmo, e Guia Internacional(Acompanha grupos a outros países), temos que exigir de qualquer estabelecimento de turismo ou ensino estes profissionias, além de ser Lei e para que tenhamos mais segurança nos roteiros e viagens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário