domingo, 14 de novembro de 2010

JOAQUIMTUR LEMBRA QUE O FEST NATAL COMEÇA AMANHÃ DIA 15/11

O mais longevo Festival de Cinema de Natal inicia nesta segunda-feira, 15, a quarta etapa do projeto com exibição do filme Olhos Azuis (de José Joffily), no Moviecom. Em mais um ano de dificuldades na captação de recursos, o Festival de Cinema, Vídeo e Televisão de Natal (FestNatal 2010) chega à 20ª edição com programação de filmes diversificada e ao custo de R$ 1 até sexta-feira. Todos os filmes da Seleção Oficial serão exibidos em quatro sessões diárias no Moviecom, sala 3, nos horários: 14h20 - 16h40 - 19h - 21h20. Os convidados da Delegação Oficial estarão presentes à sessão das 19h. Este ano, uma inovação na programação: o filme vencedor será reprisado no sábado. O premiado no ano passado, Elvis e Madonna, até hoje permanece inédito em nosso circuito comercial. O Júri Oficial será formado pela jornalista Rejane Cardoso (ex-presidente da Funcarte); pela diretora do Teatro de Cultura Popular e atriz Sônia Santos; pela diretora potiguar radicada no Rio de Janeiro, Lúcia Maria Dantas; pelo artista plástico, poeta e ex-diretor geral da Fundação José Augusto, Iaperi Araújo (presidente do Júri); e ainda outro jurado a confirmar. O público também elege seu filme favorito por votação em cédulas entregues pela recepcionista antes de cada sessão. O ex-governador Geraldo Melo, responsável pela oficialização do FestNatal em 1987, será homenageado com o Prêmio Memória na cerimônia de encerramento. O senador Garibaldi Filho, patrono do FestNatal 2010, também será homenageado. "Sem recursos do Governo ou Prefeitura este ano, Garibaldi salvou o Festival garantindo verba junto ao Ministério da Cultura", disse o diretor-geral do evento, Valério Andrade. O terceiro é o ex-prefeito Carlos Eduardo, que assegurou a permanência do evento durante os quatro anos de sua administração. "Período que o FestNatal foi descartado pelo governo de Wilma de Faria", lamentou Valério. Retrospectiva Os vencedores das primeiras etapas do FestNatal - Festival do Vídeo Potiguar, o Curta Nordestino e o Vidasna Tela - já receberam seus prêmios em solenidades promovidas no mês de outubro. Daniel Rizzi, vencedor em dois anos na etapa do Vídeo Potiguar, acredita no incentivo do FestNatal: "Quem está neste mercado permanecerá lutando contra a falta de apoio, incentivo e se sustentando na paixão em fazer cinema". E confessa: "Reconheço nossas limitações técnicas, mas trabalhamos para fazer cinema de qualidade". Daniel Rizzi ressaltou a necessidade de júris capacitados na avaliação das questões técnicas como calorimetria, movimentos, planos e enquadramentos de câmera, edição de vídeo, trilha sonora, efeitos visuais, fotografia, roteiro técnico e literário e outros. "Assim poderemos fazer uma análise mais apurada das produções como um todo".
Longas selecionados Segunda-feira (15) Olhos Azuis (Brasil, 2010) Duração: 105 minutos Direção: José Joffily Sinopse: Marshall (David Rasche) é o chefe do Departamento de Imigração do aeroporto JFK, nos Estados Unidos. Ele está prestes a se aposentar e decide começar a comemorar no último dia de trabalho, juntamente com seus colegas Sandra (Erica Gimpel) e Bob (Frank Grillo). Marshall começa a beber e resolve se divertir com um grupo de imigrantes, complicando sua entrada no país apenas por diversão. Entre eles está Nonato (Irandhir Santos), seu alvo predileto, que faz com que ele viaje ao Brasil. No caminho ele conhece Bia (Cristina Lago), uma prostituta que o ajuda em sua busca. Terça-feira (16) Besouro (Brasil, 2009) Duração: 95 minutos Direção: João Daniel Tikhomiroff Sinopse: Besouro (Ailton Carmo) foi o maior capoeirista de todos os tempos. Um menino que - ao se identificar com o inseto que ao voar desafia as leis da física - desafia ele mesmo as leis do preconceito e da opressão. Passado no Recôncavo dos anos 20, Besouro é um filme de aventura, paixão, misticismo e coragem. Uma história imortalizada por gerações, que chega aos cinemas com ação e poesia no cenário deslumbrante do Recôncavo Baiano. Quarta-feira (17) Salve Geral (Brasil, 2009) Duração: 120 minutos Direção: Sérgio Rezende Sinopse: Lúcia (Andréia Beltrão) é uma viúva de classe média que sonha em tirar o filho Rafael (Lee Thalor), de 18 anos, da prisão. Em suas frequentes visitas à penitenciária ela conhece Ruiva (Denise Weinberg), advogada do Professor (Bruno Perillo), líder do Comando. As duas ficam amigas e logo Lúcia é usada em missões ligadas à organização criminosa. Precisando do dinheiro, ela aceita realizar as tarefas. Paralelamente o Comando passa por uma luta interna pelo poder, ampliada pelo confronto dos prisioneiros com o sistema carcerário. Quando o governo decide transferir, de uma só vez, centenas de presos para penitenciárias de segurança máxima no interior do estado, o Comando envia a ordem para que seus integrantes realizem uma série de ataques em pleno Dia das Mães, deixando São Paulo sitiada. Quinta-feira (18) Segurança Nacional (Brasil, 2010) Duração: 97 minutos Direção: Roberto Carminati Sinopse: 2004, a lei do abate entra em vigor. A FAB está autorizada a perseguir, atirar e se for preciso abater aeronaves que penetrem o espaço aéreo brasileiro sem autorização. Os negócios de muitos traficantes internacionais foram prejudicados. Percebendo o perigo, a ABIN coloca seu melhor homem, o Agente Marcos Rocha (Thiago Lacerda) a frente das operações de combate aos narcotraficantes. O agente descobre que Hector Gasca (Joaquin Cosio) planeja atacar o quartel general do SIVAM. Marcos leva a informação para Dra. Gloria (Angela Vieira), diretora da ABIN (Agência Brasileira de Inteligência) e diretamente ligada ao Presidente Ernesto Dantas (Milton Gonçalves). Sexta-feira (19) Como Esquecer (Brasil, 2010) Duração: 100 Minutos Direção: Malu De Martino Sinopse: Júlia (Ana Paula Arósio) é uma professora de literatura inglesa, 35 anos, que luta para reconstruir sua vida depois de viver uma intensa e duradoura relação amorosa com a enigmática Antônia. Em meio a uma série de conflitos internos e diante da necessária readaptação para uma nova vida, não disfarça sua dor enquanto narra suas emoções. Ao longo do filme ela vai encontrando e se relacionando com outras pessoas que também estão vivendo a experiência de ter perdido algo muito importante. Uma trama que fala de pessoas comuns enfrentando os desafios da superação. http://www.diariodenatal.com.br/2010/11/14/muito1_0.php

Nenhum comentário:

Postar um comentário