domingo, 29 de maio de 2011

BOLETIM DA CASA DO BEM - MAIO 2011

A Casa do Bem produz esse Boletim do Bem só para agradecer e continuar anunciando boas novas. Agradecer doações que chegam de Emanuelle Barreto, de Mariana, de Nath grande amiga do GACC e do hotel Pestana, agradecer a construtora Zeta do amigo Mororó que reformou nossa frente que estava escorregadia, dar um muito obrigado ao amigo Tarcísio Júnior pela doação de um computador, as queridas Rosa Núbia Campello, Adriana Rosa, Andreia e Renee da Cyrela, Alexandre Maia da Agenda Propaganda pelos ingressos para shows diversos e a tantos outros que chegam deixando doações de roupas, alimentos e que, aos poucos vamos aqui anunciando e sempre feliz, agradecendo.
Vivemos de apoios e, por isso, nunca cansamos de expressar gratidão, é o mínimo que podemos fazer já que retribuímos nos doando para o próximo com amor e carinho.
Quero registrar ainda que realizamos uma balada na Casa do Bem em prol do hip hop, com os jovens dançando sem uso de álcool ou outras coisas, tudo com muita alegria, falar ainda que somos gratos a todos os voluntários que dão aulas diversas e proporcionam a estes jovens, adultos e idosos prazeres, saberes e alegrias diversas, que começamos nosso Cursinho do Bem com aulas de noite, um dos nossos projetos mais legais que tem apoio até agora do Shopping Cidade Jardim e de Fernando Bezerra, não esquecer de agradecer Júnior que vive levando os meninos do futebol para torneios diversos e, agora estão participando de um promovido pelo América, relatar que o amigo Alberto Vila Nova está dando orientação jurídica na Casa do Bem, ajuda também fazendo reportagens, não esquecer do apoio da mídia para a campanha Gente do Bem com envolvimento dos jornais, fms, tvs e blogs em geral.
Neste Boletim do Bem deixamos nossos agradecimentos as almas boas que já estão colaborando com a campanha Gente do Bem, conclamando as demais almas boas a esta ação que ajuda a darmos continuidade a nossos projetos humanitários.
Campanha do Bem, dando apoio: Ilane Virgílio, Andrea Rugai, Jorge Rezende, Fernando Rezende Filho, Lilian Rezende, Flávio Rezende, Fernando Dantas de Rezende, Sayonara, Manoel Marques, Rosinei Muniz, Munir Aby Faraj, Roberto Solino, Breno Xavier, Maria E L, Marcos Toscano, Raissa Costa, Ariosto Carvalho, Mauro Henrique, Marília, Luiz A L, Sara Jane Souza, Marcelo de Farias, José Augusto Dantas de Rezende, Leonardo Bezerra, Sérgio Paiva, Wellington Amorim, Carlos H M Cav, Betsi Oliveira, Marcos Andrey, Maria Luisa, Rodrigo A L, Dayse David, Kacianni Sousa, Anne Cassia, Cecy Oliveira, Ângela Dieb, Luiz Quaresma, Nélio Wanderley, Edmilson R, Evilanildes F, Maria Izabel e outros que não aparecem o nome ou entregam diretamente na Casa do Bem, além é claro, dos parceiros Natal Cap, Rede de Postos São Luiz, Prefeitura da Cidade do Natal, consórcio Eldorado, Apurn e outras empresas que ajudam de outras maneiras os nossos diversos projetos.
Grato, grato, grato, grato e + gratoooooooooo
Deixo abaixo reportagem do Diário de Natal sobre nossa campanha Gente do BEM:
Cidades
Edição de quinta-feira, 26 de maio de 2011
Casa do Bem pede ajuda para se manter
ONG que funciona em Mãe Luiza tem mais de 30 projetos e atende a 2.800 pessoas por mês Fernanda Zauli // fernandazauli.rn@dabr.com.br
A organização não governamental Casa do Bem precisa de ajuda. Fundada em 2010 com o intuito de ocupar jovens em situação de risco com atividades culturais, esportivas, educativas e sociais, a ong atende cerca de 2.800 pessoas por mês, com mais de 30 projetos humanitários. Para conseguir verba para a manutenção mensal, que gira em torno de R$ 10 mil, a ONG está promovendo a campanha "Gente do Bem", que tem como objetivo conseguir doações de pessoas físicas ou jurídicas através de transferência bancária. O jornalista Flavio Rezende, idealizador da Casa do Bem, explica que vários eventos foram realizados para arrecadar fundos para a construção da Casa, no entanto, a obra foi realizada com fundos da Lei Câmara Cascudo. "O dinheiro que nós arrecadamos para a construção vinha sendo utilizado para pagar as despesas mensais da Casa, mas esse dinheiro acabou e nós precisamos manter os projetos que já estão em andamento", disse. Segundo ele, cerca de 50% do valor da manutenção mensal é custeada com o dinheiro proveniente do convênio com a prefeitura de Natal, e doações mensais da Natalcap, Shopping cidade Jardim, Rede de Postos São Luiz, Apurn, Consórcio Eldorado, e diversas pessoas físicas. "Agora precisamos conseguir colaboradores, que façam contribuições mensais, para custear os outros 50%", disse. Atualmente a Casa do Bem oferece, dentre outros, cursos de informática, xadrez, futebol, balé, karatê, atletismo, violão, inglês, francês, alemão, capoeira, e hip hop. "Além disso, desenvolvemos outras ações como o Sopão do Bem, todas as quintas-feiras, e no próximo dia 27 vamos levar 50 jovens para o show do Arnaldo Antunes", disse Flavio Rezende. Ele está otimista em relação à campanha e acredita que a solidariedade das pessoas vai falar mais alto. "Nós precisamos conseguir mais R$ 5 mil por mês. Eu acredito que não será difícil, mas ao mesmo tempo muita gente está comprometida com outros projetos. De qualquer forma, acredito que vamos conseguir", disse.
inf. 3202-3441 - 9902 0092
Nossa conta 26847-X
- ag. 1668-3 - Banco do Brasil
Casa do Bem - amar a todos, servir a todos

Nenhum comentário:

Postar um comentário