quarta-feira, 9 de novembro de 2011

JOAQUIMTUR DIZ: ARENA DAS DUNNAS NÃO SERÁ MAIS UM ELEFANTE BRANCO???

Cidades Edição de quarta-feira, 9 de novembro de 2011
Arena das Dunas pode virar palco do Carnatal
Construtora estuda adaptações no estádio após Copa de 2014 para receber o evento Sérgio Henrique Santos //sergiohenrique.rn@dabr.com.br
A Arena das Dunas, estádio da Copa 2014 em Natal, terá seu projeto adaptado para receber a estrutura do Carnatal, maior carnaval fora de época do país e a maior festa popular do Rio Grande do Norte. A OAS, empreiteira que está construindo o estádio que vai abrigar quatro partidas da primeira fase do Mundial, estuda utilizar as arquibancadas móveis localizadas atrás das traves de gol, que representam 10 mil do total de 42 mil assentos da arena. Após a Copa do Mundo, os módulos seriam retirados para funcionar como um corredor para passagem de trios elétricos, ou como palco principal para realização de shows e eventos culturais.
Tradicionalmente realizado no largo do Machadão, evento terá novo percurso Foto: Ana Amaral/DN/D.A Press
O interesse da OAS, parceira do Governo do Estado na formação da Sociedade de Propósitos Específicos Arena das Dunas (SPE), tem uma razão econômica. A Arena das Dunas não se sustenta apenas de futebol. "Estudos técnicos estão sendo feitos para adaptar a Arena para receber tanto eventos esportivos quanto shows. O Carnatal poderá ser realizado tanto no entorno quanto até mesmo dentro da Arena", disse o diretor da SPE, Charles Maia, durante reunião técnica ontem na sede do Ministério Público Estadual (MPE). Pelo contrato firmado após a licitação, a OAS será a mantenedora da Arena das Dunas por 20 anos. Por enquanto, o Governo do Estado não se mostrou contrário aos interesses da OAS, nem da Destaque Promoções, que realiza o Carnatal e que já procurou a Secretaria Extraordinária para Assuntos Relativos à Copa (Secopa) manifestando interesse em realizar a festa no mesmo local onde ocorreu até o ano passado, no entorno do Machadão/Machadinho, hoje em escombros. "A OAS acatou a sugestão da Destaque. A empresa está pensando em fazer essa adaptação, e pode fazê-la, uma vez que manterá o estádio por duas décadas. O Carnatal, por sinal, movimenta a economia, e o Go verno do Estado sempre apoiou sua realização", afirmou o coordenador da Secopa, João Fernandes. Todos os anos, o Carnatal chega a receber mais de um milhão de foliões no início do mês de dezembro. A edição 2011 do evento será um teste da viabilidade econômica da festa e da nova estrutura, sem os 800 metros ao redor do Machadão e Machadinho. Os camarotes estão sendo montados dentro do canteiro de obras da Arena, voltados às avenidas Prudente de Morais e Lima e Silva. "Mas os foliões não vão ter acesso ao local onde ficam os operários. Haverá um alambrado a dois metros do tapume para impedir o acesso", destacou o coordenador da Secopa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário