terça-feira, 28 de julho de 2009

Pedaços de esperança: Adote realiza exposição de arte mosaica produzida pelos usuários da instituição Cerca de 30 quadros feitos de mosaico estarão expostos, de 03 a 14 de agosto, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.
Todas as peças foram produzidas pelos alunos da Oficina de Mosaico, oferecida pela Associação de Orientação aos Deficientes (Adote). Os preços variam de acordo com o tamanho e os detalhes das peças e todo o dinheiro arrecadado com a venda dos quadros será revertido para a instituição. Para Francisca Soares de Souza, presidente da Adote, esta exposição precisa ser vista como uma porta de entrada para conhecer o amplo trabalho realizado pela instituição. “É preciso que as pessoas conheçam os nossos serviços, pois a nossa proposta é muito abrangente na medida em que, além de oferecer tratamentos para quem apresenta algum tipo de deficiência, a Adote também presta serviços importantes à comunidade e às famílias dos usuários”, disse Francisca.
Exposição de Mosaico
Local: Assembleia Legislativa do RN (Praça Sete de Setembro, S/N – Cidade Alta, Natal/ RN).
Data: 03 a 14 de agosto de 2009.
Horário: 8h às 17h.
Informações: 3205.2300 (falar com Edízia Lessa)
ou 9124.2682 (falar com Camila Rodrigues).
Obs: Alguns alunos (principalmente as mães dos usuários) que participam da Oficina de Mosaico estarão no local no dia 04/08 (terça-feira) das 9h às 10h30. Nos demais dias, haverá uma curadora da Assembleia Legislativa.
Pegue pequenos pedaços de pedra ou de cerâmica. Imagine uma cena, que pode ser uma paisagem ou um personagem (real ou não).
Agora, junte os “retalhos” sólidos com a criatividade e descubra a arte de fazer mosaico.
Criada em junho de 2007, juntamente com o Centro de Convivência Teresinha Gurgel de Faria (que também faz parte da Adote), a Oficina de Mosaico surgiu com a proposta de ensinar um ofício aos usuários da instituição, bem como aos seus familiares e à comunidade circunvizinha.
“Este trabalho desenvolvido pela Adote é de grande importância não só pelo fato de que ocupa o tempo das mães e parentes que trazem seus filhos para serem atendidos aqui, mas também pela oportunidade que estas pessoas têm de complementar sua renda familiar”, afirmou Francisca Soares de Souza, presidente da Adote.
A Oficina de Mosaico da Adote é permanente e atende cerca de 15 pessoas. Edízia Lessa é coordenadora do Centro de Convivência Teresinha Gurgel de Faria e também coordena a oficina. Ela afirma que o seu maior objetivo é fazer com que os alunos participem não só como meros aprendizes, mas desenvolvam a criatividade. “É fantástico quando você percebe que, no início, as pessoas apenas imitam o que você está fazendo, mas com o passar do tempo alguns desses alunos começam a participar do processo criativo, a partir do momento em que discutem, dão sugestões e colocam suas próprias ideias nas peças”, disse Edízia.

Um comentário:

  1. As peças são realmente muito lindas!!! Quem gosta de arte, não pode deixar de visitar a exposição. Vale também visitar a instituição para conhecer o trabalho da Adote de perto.

    ResponderExcluir